história

  • 1715

    ORIGEM HISTÓRICA

    ORIGEM HISTÓRICA


    Uma casa de vinho do Porto histórica 
    Uma vinha histórica


    O nome Quinta do Noval apareceu pela primeira vez em registos no ano de 1715.

  • 1894

    HOMENS VISIONÁRIOS

    HOMENS VISIONÁRIOS


    António José da Silva
    Exportador de Vila Nova de Gaia  adquiriu a Quinta do Noval em 1894 depois de esta ter sido devastada pela filoxera. Reestruturou a propriedade replantando as suas vinhas.

    Luiz Vasconcelos Porto
    Foi o autor de um vasto conjunto de inovações, transformou os antigos socalcos estreitos em socalcos mais largos, que são característica distintiva da Noval, com as suas escadas caiadas de branco. Estes socalcos permitem uma utilização mais eficiente do solo e uma melhor exposição solar, tendo sido considerados revolucionários na altura.

  • 1933

    A DECLARAÇÃO DE VINTAGE DE 1931

    A DECLARAÇÃO DE VINTAGE DE 1931


    A declaração de Vintage de 1931

    A Noval fez a sua reputação com a declaração do 1931 Quinta do Noval Porto Vintage e o 1931 Quinta do Noval Nacional Porto Vintage, que são provavelmente os Vinhos do Porto que mais sensação causaram durante o século XX.

    Nesse ano, devido à recessão mundial e à enorme produção e distribuição do Vintage de 1927, a maioria dos exportadores não declararam Vintage.

    O sucesso obtido estabeleceu a Quinta do Noval entre os grandes nomes do vinho do Porto Vintage nos mercados Inglês e norte-americanos, uma posição de liderança em termos de reputação, que ainda hoje mantém.


    QUINTA DO NOVAL VINTAGE
    QUINTA DO NOVAL NACIONAL VINTAGE

  • 1958

    CRIAÇÃO DO LBV

    CRIAÇÃO DO LBV


    A Noval criou uma categoria totalmente nova de Vinho do Porto: o Late Bottled Vintage.

    A Quinta do Noval foi a primeira Casa a lançar um Porto «Late Bottled Vintage» em 1958, com o 1954 LBV. Foi assim criada uma categoria totalmente nova de Vinho do Porto, que durante muitos anos foi o tema central de discussões na região.

    Sempre pioneira, a Noval continua ainda hoje a desbravar caminho, com o exclusivo Quinta do Noval LBV Unfiltered, produzido inteiramente a partir de uvas da nossa Quinta e pisado a pé em lagar, à semelhança dos nossos Vinhos do Porto Vintage.

    QUINTA DO NOVAL LBV U.F. SINGLE VINEYARD

  • 1993

    AXA MILLESIMES

    AXA MILLESIMES


    Parte do prestigiado grupo produtor de vinho “AXA Millésimes”

    Propriedade do grupo AXA Millésimes desde 1993, a Quinta do Noval faz parte do prestigiado património vitícola composto por nomes importantes como a Disznókő em Tokaj, na Hungria, e em França, o Château Pichon Baron em Pauillac, o Château Suduiraut em Sauternes, o Château Petit-Village em Pomerol e o Domaine de l'Arlot na Borgonha.

    AS NOSSAS VINHAS

  • 1994

    CENTRALIZAÇÃO NO DOURO

    CENTRALIZAÇÃO NO DOURO


    Cultivo da videira perfeitamente adaptado à vinha

    A Quinta do Noval replantou desde 1994 uma centena de hectares da propriedade com as castas nobres da região do Douro, adaptando os métodos de plantação e poda às necessidades de cada parcela.

    Cada parcela foi replantada com uma casta única adequada ao «terroir» segundo três critérios principais: a altitude, a exposição solar e tipo de plantação aplicável.

    Hoje em dia, as parcelas plantadas com misturas de castas estão progressivamente a desaparecer do Vale do Douro.

    A Noval foi uma pioneira desta tendência, e a primeira quinta a replantar e mecanizar os socalcos tradicionais em grande escala conservando intactos os magníficos socalcos com muros de pedra.

  • 1997

    CENTRALIZAÇÃO NO DOURO

    CENTRALIZAÇÃO NO DOURO


    A primeira grande Casa de Vinho do Porto histórica a estar totalmente sediada no Vale do Douro

    Em 1997, foi completado um novo entreposto de engarrafamento em Alijó, próximo do Pinhão.

    Este projeto fez da Quinta do Noval o primeiro dos exportadores tradicionais de Vinho do Porto a centralizar todas as suas atividades no Vale do Douro em vez de em Vila Nova de Gaia.

  • 2006

    OS NOSSOS VINHOS DO DOURO

    OS NOSSOS VINHOS DO DOURO


    A OUTRA EXPRESSÃO DO «TERROIR» NOVAL

    “Desde que cheguei à Noval, sempre acreditei que a região do Douro tinha o potencial para se expressar através de um vinho não generoso. Um vinho seco, produzido com uvas da nossa vinha e que exprimisse o «terroir» da Quinta do Noval, tal como os Vinhos do Porto Vintage e Tawny Velhos o fazem tão bem, mas, claro, de uma forma diferente.”

    Christian Seely


    De 1994 a 2007 empreendemos um enorme programa de renovação da vinha existente e de novas plantações.

    Hoje em dia produzimos uvas de qualidade superior, o que, por um lado assegura a excelência dos Vinhos do Porto Quinta do Noval e por outro permite-nos produzir vinhos do Douro.

    Depois de uma primeira tentativa bem sucedida em 2003, lançámos os nossos vinhos tintos de mesa com a colheita de 2004, o primeiro ano que considerámos merecedor do nome Quinta do Noval.

    OS NOSSOS VINHOS DO DOURO

  • 2010

    NOVAL BLACK

    NOVAL BLACK


    ABRINDO NOVOS CAMINHOS

    Um novo estilo de Vinho do Porto: fresco, frutado e delicado.

    Uma elegante garrafa preta, evocativa da noite e dos seus mistérios.

    Uma nova geração de Vinho do Porto: que estimula a mente a libertar o instinto criativo e inventa uma forma totalmente nova de beber Vinho do Porto.

    Delicie-se com os cocktails concebidos pelo famoso barman americano Jim Meehan com base no NOVAL BLACK.

    Noval Black

Para visitar este site, deverá ter idade legal para consumir bebidas alcoólicas no seu país de residência.Ao clicar o botão «OK», reconhece que leu e aceita inteiramente os termos e condições deste site.
Escolha a sua língua

Ok

Beba com moderação